Um adventure / platformer pouco conhecido, mas fantástico!

Review de Linus Spacehead's "Cosmic Crusade"1991
9/10 | por Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO em 09/09/2014 às 15:22 | lido 573 vezes




Se você tivesse que descrever a trama bizarra de Linus Spacehead's Cosmic Crusade e os muitos gêneros que o game tem, você iria ficar bastante confuso. Mas, dentro dessa aventura galáctica, reside um jogo inesquecível, que pega os melhores elementos de outros jogos para criar uma space quest muito divertida. É um game que merece ser jogado mesmo nos tempos de hoje, pois foi uma iniciativa à frente do seu tempo na época e passou despercebido por muitos jogadores do NES.

Antes de você entrar no maravilhoso mundo de Linus, saiba que na verdade ele é uma sequência de um jogo intitulado Linus Spacehead, que também saiu para NES. Gostaríamos de poder dizer que o original é um jogo fantástico, mas Linus Spacehead era um platformer bastante normal, que vinha incluído no cartucho Quattro Adventure lançado pela Codemasters / Camerica.

Linus também produzido pela Codemasters, saiu em 1993 para Amiga, PC, Mega Drive, Master System, Game Gear e NES. Com cada cópia do jogo vinha junto um poster com o adorável protagonista. A Codemasters gostou da ideia e começou a empacotar outros posters com seus títulos, como Fantastic Adventures of Dizzy, outro jogo emblemático da década de 90.

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 1 Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 2

Deixando o poster de lado, até hoje Linus Spacehead's Cosmic Crusade não tem o reconhecimento nem o amor que ele merece. Apresentando um cruzamento entre plataforma e point-and-click adventure, o jogo permanece bastante incompreendido. Na época, jogos de plataforma e jogos de adventure era raças completamente diferentes e muitos que gostavam de um estilo não gostavam do outro, por isso rejeitaram a ideia do game, sem saber que ambos os gêneros se complementavam de uma maneira original e muito divertida nesse caso.

O jogo não fez parte dos chamados "jogos mainstream" na época, mas as poucas pessoas que tiverem contato com ele guardam um cantinho pro game no seu coração retro. Como é o nosso caso, achamos que este é um jogo que merece ser conhecido e jogado por todos, é uma pérola obscura e quase esquecida que estamos tentando trazer do limbo.

O melhor dos dois mundos

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 3Depois de ver várias telas de introdução de diversos locais do jogo (e até a propaganda dentro do game de Fantastic Dizzy), o jogo instantaneamente joga você em Old Lino Town, a cidade do Planeta Linoleum onde sua jornada terá início. Em poucos segundos, você é recebido por uma interface simplificada que parece tirada dos jogos da Lucasarts, como Monkey Island. "Look at, Pick up, Talk, Give e Use" - as únicas ações que você realmente precisa em um adventure, certo?

Uma vez que você se familiariza com os controles padrão de qualquer point-and-click, você é mais uma vez jogado em um novo mundo. Em todos os outros adventures você espera para chegar ao seu próximo destino depois de deixar a tela onde está, no entanto, Cosmic Crusade exige que você faça o seu caminho entre os locais em um jogo de plataforma. Quando você completa uma seção de plataforma, você não precisa mais repeti-la e pode viajar livremente entre os locais para resolver os enigmas remanescentes.

Similar à mecânica de outros adventures, é impossível perder todas as suas vidas enquanto você controla o jogo no esquema de poin'n click. Mas basta Linus ser tocado por um dos inimigos nas seções de plataforma, ou cair de um abismo, que suas vidas preciosas começam a se esgotar. Você pode jogar a parte adventure no seu próprio ritmo, tomando todo o tempo do mundo para explorar os cenários e resolver os puzzles, mas é bom tirar a poeira da sua habilidade da década de 90 em jogos de plataforma.

Vasto, deserto e assustador

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 4A história tem Linus indo descobrir o "Planeta Terra", um planeta esquecido e perdido há muito tempo, cujo povo vinha visitar o Planeta Linoleum (como pinturas em cavernas sugerem mais tarde). Começando com nada além de uma certidão de nascimento em seu nome, Linus encontra-se no - bem deserto - Planeta Linoleum. Apesar de viajar para mais de 20 locais diferentes, a quantidade de pessoas que Linus encontra é bem pequena.

A sensação de deserto do jogo é reforçada pelo cenário deslumbrante e meio assustador do planeta alienígena. Locais lindamente desenhados - mesmo no NES, que poderiam ser descritos como pop arte abstrata realmente contribuem para a profundidade do jogo. As cores usadas e os visuais lúdicos são bastante originais, com um estilo poucas vezes visto nos jogos, fazendo de cada local um prazer de visitar.

A música também contribui muito para a experiência, com uma trilha sonora excepcional criada pelo incrivelmente talentoso Matt Simmonds (também conhecido como 4MAT), que é conhecido por fazer a música de vários jogos das séries Dizzy e Micro Machines, além de vários títulos da Psygnosis para o Amiga.

Mas a verdadeira sensação de estar sozinho em um planeta alienígena realmente se completa quando você fica preso em Wilderness, com um ciclope ao mesmo tempo assustador e bonitinho bloqueando seu caminho. A solução [spoilers à frente], claro, é dar-lhe o balão de hélio que você encontrou mais cedo. Assim que ele pegao o balão, sai voando para as profundezas do espaço para nunca mais ser visto. Legal, mas é menos um personagem no abandonado planeta alienígena.

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 5 Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 6

Adventure light

Como muitos fãs do gênero adventure podem confirmar, um dos grandes atrativos desses games é o tempo eles duram. Seja tentar localizar um item final para completar um quebra-cabeça ou buscar um personagem perdido em vários locais, você pode ter certeza de que o jogo vai durar bastante tempo. Porém, Linus Spacehead's Cosmic Crusade é completamente o oposto, o que pode ser considerado tanto positivo quanto negativo. Para quem quer apenas conhecer esse game clássico, que na época teve a coragem de mesclar dois gêneros bem distintos, pode ser bom. Mas para aqueles que são ávidos fãs de point-and-clicks, a curta duração pode decepcionar. O game também pode ser uma boa entrada para aqueles que ainda não descobriram o gênero point and click ou se sentem intimidados por adventures mais complexos.

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 7 Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 8

Veredito

Cosmic Spacehead nunca teve a intenção de apelar somente para fãs de adventure ou fãs de plataforma, mas foi uma tentativa de quebrar as convenções da época misturando os dois gêneros - e fazer qualquer gamer se divertir no processo. Os toques sutis de humor - como o congelamento de um rio intransponível com glacê - só aumentam a profundidade da curta mas charmosa aventura, ao mesmo tempo que faz graça com os gêneros que amamos. Os gráficos e áudio foram habilmente trabalhados para criar uma sensação de uma nova aventura, mantendo-se em sintonia com a natureza peculiar do jogo. Algo que realmente começa a aparecer mais enquanto você progride no jogo.

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 9 Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" 10

A única desvantagem do jogo, como mencionado anteriormente, é sua curta duração para gamers mais hardcore. Enquanto ele é perfeito para uma sessão de jogo rápida, alguns jogadores podem ficar com a sensação de "já acabou?" pelo jgo evocar momentos agradáveis e de jogabilidade divertida. Mas não se engane, não é um jogo fácil!!

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade" é um jogo muito legal, original e que deixa uma boa impressão para os jogos de adventure e plataforma. Pena que a genial ideia de misturar esses estilos de jogo parou por aí. Esse é o único exemplar de sua espécie, então não perca essa experiência diferente e divertida.


Comente pelo site...

Aguarde 20 segundos para poder publicar novamente.

Efetue o login para publicar um comentário.

cancelar ver prévia

...ou pelo Facebook

comentários

Linus Spacehead's "Cosmic Crusade"
Linus Spacehead's "Cosmic Crusade"1991
NES
Adventure / Point 'N Click Plataforma
Desenvolvido por: Camerica
Publicado por: Camerica

+ ReviewsLinus Spacehead's "Cosmic Crusade" (NES)

Não há outros reviews para este game.


 Home | Blog | Classificados | Reviews | Game Log | Contato | RSS | Sobre | Política de Privacidade | Termos de Uso
GAMEINFO v.3.0 © 2005-2017 - Todos os direitos reservados. Todas as marcas, logotipos, games e nomes comerciais pertencem aos seus respectivos proprietários.