Um jogo feito "nas coxas"...

Review de Phantasy Star III: Generations of Doom1991
5/10 | por andrebreder andrebreder em 12/11/2007 às 19:19 | lido 1485 vezes




Phantasy Star III - Generations of Doom, lançado em 1991 para o Mega Drive, pode ser definido só com uma simples palavra: chato. Foi uma grande decepção para a grande maioria (talvez 99%) dos fãs da série Phantasy Star. Ele até trouxe uma ótima idéia: o jogo se passa em diversas gerações que variam de acordo com as escolhas feitas pelo jogador na geração anterior. Mas é um pena que uma boa idéia como essa tenha sido desperdiçada em um jogo tão ruim, com uma movimentação muito lenta, músicas bem fracas e monstros que são uma verdadeira piada!

Outro fator que desagradou os fãs foi que a história de Phantasy Star III tentou fugir um pouco dos acontecimentos dos jogos anteriores... é como se eles nunca tivessem existido! A única "lembrança" é que o jogo se passa em um das naves que carrega sobreviventes do planeta Palma, que explodiu em Phantasy Star II.

A história do jogo se passa na nave Alisa III. Essa nave é como se fosse um planeta artificial, com rios, montanhas, monstros etc. Tudo começa quando a noiva do príncipe Rhys é seqüestrada por um dragão enviado pelo clã rival do seu. O príncipe então parte em um jornada por sua noiva, começando a reviver um passado de guerra entre os orakianos e os layanos.

Gráficos: Estão legais quando você está nas cidades, castelos e mapas, mas quando chega a hora de encarar os monstros... Os inimigos de Phantasy Star III estão ridículos! Totalmente mau desenhados e com um animação fraquíssima! Você não sabe se ri ou chora diante de um trabalho tão porco!

Efeitos sonoros: Bem fracos... mas pior seria se eles não existissem... ou seria o contrário?

Músicas: Algumas estão legais, com uma boa melodia, já outras estão horríveis, parecendo "musiquinha de circo".

Controles: Estão praticamente iguais aos de Phantasy Star II, portanto muito bons.

Dificuldade: Não é tão difícil como Phantasy Star II... mas o difícil mesmo é ter paciência e força de vontade para jogar este jogo até o fim!

Conclusão: Apesar das novidades, Phantasy Star III no seu todo pode ser definido como um jogo de RPG muito fraco. Se não fosse tão mau feito poderia até ter merecido carregar o nome Phantasy Star... Quer um conselho? Fuja deste jogo!

Nota: Este jogo também foi re-lançado para outros sistemas em coletâneas da série Phantasy Star.

Review escrito por: André Breder Rodrigues

Comente pelo site...

Aguarde 20 segundos para poder publicar novamente.

Efetue o login para publicar um comentário.

cancelar ver prévia

...ou pelo Facebook

comentários

Phantasy Star III: Generations of Doom
Phantasy Star III: Generations of Doom1991
MEGA
RPG
Desenvolvido por: Sega
Publicado por: Sega

+ ReviewsPhantasy Star III: Generations of Doom (MEGA)

Não há outros reviews para este game.


 Home | Blog | Classificados | Reviews | Game Log | Contato | RSS | Sobre | Política de Privacidade | Termos de Uso
GAMEINFO v.3.0 © 2005-2017 - Todos os direitos reservados. Todas as marcas, logotipos, games e nomes comerciais pertencem aos seus respectivos proprietários.