The Angry Video Game Nerd Adventures

The Angry Video Game Nerd Adventures2013

PC Plataforma

Desenvolvido por: FreakZone | Publicado por: FreakZone
Também para: Nintendo 3DS, Wii U.


8.0
Sua nota: -/10
Nota: 8/10 com 1 voto(s) | Reviews: 1 usuário(s)

Favorito Quero

Galeria (20) ver todas enviar imagens


Reviews (1) publicar um novo review

The AVGN Adventures - Jogos ruins transformados em um bom jogo

Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO 8/10 | 15/09/2014 às 13:45 | lido 660 vezes

Durante anos, James "Angry Video Game Nerd" Rolfe jogou os piores jogos retro que existem para nossa diversão. Por que ele faz isso? Ele é um masoquista? A raiva de cada morte e dos bug em jogos lhe dão algum propósito? Por que a dor contínua lhe dando tanta força para continuar?

Segundo o ditado, para conhecer o Nerd, você tem que se tornar o Nerd. Você não pode simplesmente se filmar jogando qualquer game de Nintendinho falando alguns palavrões e postar os vídeos mal editados no YouTube. Não é tão simples assim. Não, você tem que mergulhar nos cantos mais obscuros da sua mente.

E era uma vez um filme Z de renome sinistro chamado MANOS: The Hands of Fate, que recentemente virou game pelas mãos da FreakZone Games. O site ScrewAttack, parceiro do AVGN, sabia que a única maneira de fazer um jogo que fizesse justiça ao Nerd, seria atribuindo seu desenvolvimento a uma equipe com experiência em transformar uma porcaria em algo legal. Eles correram atrás da FreakZOne e assim nasceu Angry Video Game Nerd Adventures, um jogo que faz juz ao emblema Nerd de "qualidade" - e ao mesmo tempo consegue ser divertido!

Jogos ruins transformados em um bom jogo

Os jogos que o Nerd normalmente joga se encaixam em uma das três categorias: jogos decentes mas que apresentam dificuldade implacável, jogos médios com escolhas de design curiosas e bizarras, e finalmente os jogos que são lixo em estado bruto - esse último grupo sendo o principal responsável pela fama do Nerd.

Para um jogo oficial do Angry Video Game Nerd funcionar, ele teria que buscar inspiração em todas as três categorias e, ao mesmo tempo, ser agradável o suficiente para todos os gamers jogarem.

Em outras palavras, a FreakZone teve que se inspirar em um monte de jogos horrorosos e fazer algo divertido, bom de ser jogado. Um belo paradoxo e uma tarefa dificílima, mas a FreakZone conseguiu realizar essa proeza.

Na superfície, Adventures é ao mesmo tempo uma homenagem e uma paródia dos vídeos do AVGN. O Nerd e seus amigos são sugados para a televisão e transportados para Game Land, que é dividida em oito níveis inspirados em muitos temas do show. Há o "Assholevania", uma homenagem ao amor de James Rolfe pela série Castlevania; "Beat It & Eat It", uma fase preenchida com as imagens e sons do "jogo" de Atari Custer's Revenge (pra quem não conhece, era um dos famosos jogos eróticos do Atari); "Blizzard of Balls", um inferno em pleno inverno nascido dos especiais de natal do AVGN; entre outros.

Fãs de longa data vão notar muitas referências e easter eggs (surpresas escondidas), desde os inimigos e itens até os obstáculos e backgrounds. Você consome Rolling Rock para recarregar a saúde e adquire fichas para chamar o Glitch Gremlin ou o Super Mecha Death Christ. Você voa na prancha do Surfista Prateado, enfrenta o Dr. Jekyll e Mr. Hyde e encontra o Shit Pickle escondido em vários locais. Depois, há o estágio final, um monumento a uma das empresas de jogos mais odiadas pelo Nerd.

Vários jogos clássicos da Nintendo também recebem homenagens. No nível introdutório, você é instruído por Naggi, o primo de Navi de Ocarina of Time, para desagrado do Nerd. Os blocos que desaparecem de Mega Man e as cabeças de goblins gigantes da fase Air Man em Mega Man 2 aparecem bastante, assim como o Cacodemon de Doom, refeito de fezes e apropriadamente apelidado de "Cacademon". Até mesmo o MANOS da FreakZone entra na festa, com uma batalha de chefe tirada diretamente do título.

Mas o que realmente dá a Adventures o toque do Nerd são seus comentários. De vez em quando o Nerd faz algum tipo de reclamação ou observação, embora o fato de serem baseadas em texto torna difícil de ler durante os segmentos mas complicados de plataformas. Sempre que você morrer, o Nerd vai disparar um de seus famosos "xingamentos" (como por exemplo: "Este jogo é fungo podre que sai do esfíncter de um texugo!") com palavras-chave geradas aleatoriamente a partir da página de Facebook do jogo. Muitas frases são repetidas; talvez o ScrewAttack pudesse ter continuado a atualizar o banco de dados.

Porém, todas as referências e humor do mundo não seriam suficientes se o jogo em si não prestasse. Felizmente, há uma aventura sólida sob a superfície. Mesmo quem não conhece nada do Nerd pode se divertir com o game.

Se você jogou MANOS, vai notar que Adventures parece uma extensão dele, com muitos elementos e perigos compartilhados - mas isso não conta pontos negativos, muito pelo contrário. O grau de desafio é no estilo "Nintendo hard", mas controles muito sólidos e checkpoints bem posicionados levam o jogador até o final, mesmo morrendo incontáveis vezes.

O game ainda conta com uma trilha sonora muito boa pra te manter motivado e os gráficos são muito bons (levando-se em conta que é um game estilo retro). Os níveis são coloridos e têm uma tonelada de influências old school. Tudo com o que você se depara está embebido de charme retro, mas há um toque moderno que pode ser visto aqui e ali. Por exemplo, ver um monte de pênis voando pela tela durante a seqüência de paródia de Silver Surfer não é algo que você veria em um game da Nintendo nos anos 80 ou 90, mas se encaixa muito bem aqui.

Você começa o jogo como o Nerd e tem um NES Zapper como arma. À medida que você avança no jogo encontra mais três membros para o seu grupo: Guitar Guy, que corre rapidamente e dispara raios através de paredes; Mike, que pula mais alto e tem a capacidade de detectar paredes destrutíveis e plataformas invisíveis; e Bullshit Man, que tem pulo duplo e arremessa poderosos pedaços de caca. Você tem que trocar de personagem o tempo todo e usar suas habilidades para alcançar áreas anteriormente inacessíveis, que estão cheias vidas extras, health e upgrades para sua arma. Você pode até ver algumas aparições de convidados especiais, como Brentalfloss, Egoraptor, Jim Sterling e o Sr. Destructoid.

Cada obstáculo no jogo opera com padrões muito simples que podem ser observados de longe antes de serem abordados. Espinhos que emergem do chão? Pilares de fogo ou torres de laser que disparam em intervalos regulares? Basta contar os segundos e calcular seu progresso. Caso você morra, seus erros são culpa sua.

A última fase joga tudo o que pode em cima de você, mas é exatamente isso que as últimas fases dos jogos mais difíceis faziam na época 8bit: Quanto mais difícil, maior a recompensa no final.

A maior parte da frustração que você vai ter com AVGN Adventures será durante as batalhas contra os chefes. Coincidentemente, também vai ser quando você obterá mais satisfação. A princípio, parece que os chefes estão se movendo erraticamente pela tela, mas uma inspeção cuidadosa permite que você observe padrões, fazendo você escolher onde ficar, saltar para evitar o perigo e atirar sempre que possível. É difícil pra caramba, mas uma vez que você vence um chefe, é impossível negar a alegria e o orgulho que sente depois de ter superado um desafio tão grande, algo que evoca os grandes embates contra vários chefes da época do nintendinho.

Ainda há outro obstáculo sinistro e frustrante além dos chefes - um bloco com cara de caveira que causa morte instantânea ao tocá-lo. Tais blocos aparecem em grupos e, normalmente, piscam e desaparecem com o mesmo padrão dos outros blocos. Eles estão por toda parte, em todos as fases, sem falhar, mas mesmo assim parecem completamente fora de lugar. Blocos mortais que tiram uma vida só encostando neles? WTF?!

De certa forma, esses blocos são uma maneira rápida e fácil de aumentar a dificuldade de um nível sem a necessidade de criar outros obstáculos mais originais. Parece preguiça criativa, mas na verdade eu vejo por outro ângulo. Se você fosse o Nerd, esse obstáculo não viraria o foco de sua raiva e frustração, o ponto de partida para começar a sessão de xingamentos? Se o objetivo dos designers era colocar os jogadores no lugar do Nerd, ponto pra eles.

Ainda assim, Adventures não é um muro intransponível - mas também não é um passeio no parque. No modo Normal, você tem 30 vidas, três garrafas de cerveja (que é o seu health) e continues infinitos, o que deve permitir que qualquer pessoa com o mínimo de habilidade chegue até o chefe final em algumas horas - agora, vencer o chefe final é outro assunto, é um baita apelão. Os níveis de dificuldade superiores são verdadeiras torturas, impedindo salvar entre as fases e reduzindo seu health e número de continues. Um pesadelo digno do Angry Nerd.

Veredito

Como um pseudo game retro de NES, Angry Video Game Nerd Adventures consegue manter seu equilíbrio entre cruel e convidativo. Como uma homenagem ao Nerd, ele faz um trabalho digno que contempla toda a sua carreira, embora diálogos repetitivos diminuam o impacto humorístico se você jogar mais de uma vez. Como um experiência autêntica do Nerd, o jogo dá umas derrapadas, mas no geral consegue ser fiel e divertir, o que é um baita feito.

No final das contas, Angry Video Game Nerd Adventuresnão é a porcaria que o Nerd constuma jogar em seus vídeos, e isso é um bom sinal. Podemos recomendar o jogo sem medo, ele é um prato cheio para quem curte um joguinho retro de plataforma, bem no estilão NES, só que com mais violência e humor bem tosco. Vale a pena jogar!

Dicas, Guias e Códigos (4) publicar uma nova dica

Destravar todos as fases e personagens

Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO 10/09/2014 às 15:57 | código secreto

Durante a tela do título:

baixo, esquerda, esquerda, cima, direita, direita, cima, baixo, esquerda, esquerda, cima, baixo, cima, cima, cima


Modo Porco Espinho - corra mais do que tudo!

Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO 10/09/2014 às 15:56 | código secreto

Durante a tela do título:

Cima, Baixo, Esquerda, Direita, A


"Tela Azul" do Nerd

Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO 10/09/2014 às 15:55 | código secreto

Durante a tela do título:

Cima, Cima, Baixo, Baixo, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, B, A


Modo "Cabeção"

Equipe GAMEINFO Equipe GAMEINFO 10/09/2014 às 15:54 | código secreto

Durante a tela do título:

A, B, A, Y, A, B, B

Comente algo sobre este game

Aguarde 20 segundos para poder publicar novamente.

Efetue o login para publicar um comentário.

cancelar ver prévia

ou pelo Facebook

Game StatsThe Angry Video Game Nerd Adventures (PC)

712 Visualizações
1 Review(s)
4 Dica(s) e Guia(s)
20 Foto(s)
1 Vídeo(s)
0 Música(s)
0 Favorito(s)
1 Voto(s)
0 Possuem
0 Vendendo
0 Trocando
0 Interessado(s)
Cadastrado por Ifrit

VídeoConheça o game


Encontre-nos no FacebokCurta nossa Fan Page


 Home | Blog | Classificados | Reviews | Game Log | Contato | RSS | Sobre | Política de Privacidade | Termos de Uso
GAMEINFO v.3.0 © 2005-2017 - Todos os direitos reservados. Todas as marcas, logotipos, games e nomes comerciais pertencem aos seus respectivos proprietários.